As 33 Coisas que Todo Programador Deve Parar de Fazer

Receba em primeira mão o conteúdo exclusivo do Blog, além de promoções de livros e cursos de programação. Você receberá um email de confirmação. Somente depois de confirmar é que poderei lhe enviar o conteúdo exclusivo por email.

Email inválido.
Blog /Empreendedorismo /As 33 Coisas que Todo Programador Deve Parar de Fazer

As 33 Coisas que Todo Programador Deve Parar de Fazer

Vinícius Thiengo01/08/2016, Segunda-feira, às 03h
(1942) (58) (31)

Opa, blz?

Nesse post é disponibilizado o resultado da pesquisa realizada pelo Blog, pesquisa com o título: "O que um programador não deve fazer".

O objetivo da pesquisa é criar um mini catálogo com dicas de coisas / atitudes que um developer não deve fazer ou deve parar caso já esteja fazendo e obtendo problemas com isso.

Obviamente que a decisão de realizar ou não um dos itens indicados como prejudiciais a carreira do programador é única de cada um.

Motivação

Programadores, de faculdade ou não, muitas vezes não sabem negociar, mesmo salários ou cotas de participação em empreendimentos digitais. Com isso acabam, ao menos no início da carreira, errando bastante.

Resultado? Prejuízo. Largou emprego para entrar de cabeça em uma ideia, mas esqueceu que ainda existiam algumas pendências financeiras a quitar.

Acreditou no "malandrão" gente boa da Internet e acabou recebendo R$ 0,00 pelo trabalho.

Ficou estudando, estudando e estudando e quando precisou de implementar o software ficou perdido, "não compila", "computador ta bugado”, "deve ser a rede”, …

Achou que RAID era backup… dois HDs de referência queimaram e ele não tinha nenhuma cópia ou versionador remoto.

Ressaltando que a profissão não é regulamentada como advogados e médicos são. Ainda não tem alguns checklists para auxiliar no mercado aqueles que estão começando e também àqueles que estão batendo cabeça já a algum tempo.

Baseado nos problemas mais comuns e em alguns possíveis e fáceis de imaginar, principalmente os relacionados a startups, foram selecionadas algumas opções (checkboxes) e todas divididas em seis perguntas.

São elas: Quanto a código, o que o programador não deve fazer (12 opções); Quanto a startup, o que o programador não deve fazer (5 opções); Quanto a relacionamento, o que o programador não deve fazer (2 opções); Quanto a estudo, o que o programador não deve fazer (3 opções); Quanto a trabalhos como freelancer, o que o programador não deve fazer (2 opções); Quanto ao profissional, o que o programador não deve fazer (9 opções).

Tirando a opção Outros que tinha em cada pergunta, foi um total de 33 opções.

A pesquisa teve 117 participantes.

Abaixo serão listadas as opções de acordo com a seguinte ordem: a que teve menos votos para a que teve mais votos como sendo coisa que um programador não deve fazer.

O programador não deve...

...Conhecer mais do que uma linguagem

Votos: 6.0%

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Essa opção ficou em último lugar dentre as "não deve fazer", pois segundo os participantes conhecer mais do que uma linguagem não é um problema sério.

Pode soar um pouco confuso o resultado, até porque os melhores mercados (que mais têm empresas grandes de tecnologia. América do Norte e Europa) prezam por profissionais especialistas. Mas sei que o "uma linguagem" não passou muito bem a ideia de "ser especialista ou não".

...Distribuir os tempos de estudo e prática de forma igualitária

Votos: 21.4%

Pergunta: Quanto a estudo, o que o programador não deve fazer?

Alguns developers acreditam que a distribuição do tempo de forma igual, estudo e prática, é prejudicial a carreira do developer.

Eu sou da rotina de que estudar é necessário, mas a maior parte do tempo deve ser dirigida a prática, isso se você não é acadêmico.

Para conseguir excelência em alguma área alguma hoa você terá de desequilibrar para ela. Se você estuda conteúdos sobre foco e disciplina provavemente já deve ter lido sobre isso, desequilíbrio.

...Não largar o emprego para iniciar um startup

Votos: 25.6%

Pergunta: Quanto a startup, o que o programador não deve fazer?

Essa opção ficou entre as menos prejudiciais aos desenvolvedores. Alguns programadores acham que você não largar seu emprego para iniciar uma startup, cair de cabeça em uma ideia... não fazer isso é uma escolha ruim.

Em parte é possível concordar, mas hoje há muitas formas de validação de ideia, mesmo que você seja jovem e sem muitos compromissos dá para realizar ao menos um mínimo teste para ter uma ideia se dá ou não para alavancar o projeto com dedicação full time. Sem necessidade de sair do trabalho.

As vezes o início, meio e fim da ideia está muito evidente na cabeça do developer, incluindo que ele e os companheiros da empreitada conseguem implementar, nesse caso pode sim ser uma boa "chutar o balde" e implementar, até porque velocidade também pode contar para o bom resultado do projeto.

...Não Largar amigos e namorada (ou namorado) para seguir uma iniciativa 100% dedicado

Votos: 27.4%

Pergunta: Quanto a relacionamento, o que o programador não deve fazer?

Exatos 27.1% developers acham que largar os amigos e relacionamentos de lado pode alavancar a ideia do programador.

No livro "A Única Coisa" de Gary Keller e Jay Papasan eles mostram que as pessoas que mais têm resultados são aquelas que sabem definir prioridades e nas horas de maior desempenho trabalham ao menos quatro horas seguidas na coisa mais importante do dia. Essa "coisa" no caso é relacionada com a meta de longo prazo da pessoa.

Resumo desse método de Gary e Jay: ao menos quatro horas de muito foco em uma única coisa que está relacionada a um objetivo de longo prazo. Depois há o restante para ser utilizado com as outras tarefas, incluindo amigos e relacionamentos.

Bom, esse é somente um método, nada definitivo.

...Não parar de fazer a parte dele no projeto para ajudar outro amigo de trabalho

Votos: 28.2%

Pergunta: Quanto ao profissional, o que o programador não deve fazer?

28% dos coders acham que você como programador deve parar suas metas diárias com o projeto de software para ajudar um outro membro da equipe em apuros.

Dependendo do projeto é algo válido, porém sempre terá ao menos três opções: trocar o membro, ajudá-lo ou deixar para lá.

Aparentemente a menos custosa no projeto é ajudá-lo, pois sendo algo crucial a tarefa desse developer em apuros, não poderá ficar parado, caso contrário os outros programadores não evoluem o projeto.

Rotatividade (trocar de membro) quase sempre é a pior escolha depois de já definido o time.

...Não ter graduação - ...Não ter certificações

Votos: 29.1%

Pergunta: Quanto ao profissional, o que o programador não deve fazer?

Nessa houve empate em votos. São duas opções.

28.8% dos programadores acreditam que ter graduação e ter certificações é essencial na carreira do developer.

Sem sombra de dúvidas se ele quiser ser da academia terá de ter ao menos graduação.

Hoje no Brasil ainda não vejo a prática de caça talentos, logo não ter certificações e gradução pode ser um belo motivo para o RH colocar seu salário bem abaixo do que você realmente vale. É aquilo, eles estão ali para negociar o melhor para a empresa, pelo menor preço. Obviamente que nem todas as empresas trabalham nessa linha.

...Não ter conhecimentos avançados de banco de dados (SQL e NoSQL)

Votos: 31.6%

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Alguns developers acreditam que não ter conhecimentos avançados em persistência de dados pode ser uma bela de uma falha em sua carreira de programador.

Se você é frontend ou é o camarada da rede, muito provavelmente se preocupar com base de dados não lhe interessa. Porém para backend developers, até mesmo os mobile, é sim uma boa escolha o estudo um pouco mais dedicado ao banco de dados em uso.

Isso porque um DBA não é comum em empresas de TI, ao menos nas micro e pequenas. E se o software começa a ganhar muitos usuários o banco de dados tende a ser a primeira parte afetada, isso se for relacional, devido ao temido ACID, que aplica o controle de acesso nesse tipo de banco de dados.

...Não conhecer: Scrum, Lean Software ou Entrega contínua

Votos: 32.5%

Pergunta: Quanto ao profissional, o que o programador não deve fazer?

Apenas 32.2% dos developers acreditam que não conhecer modelos de desenvolvimento / trabalho como Scrum, Lean e Entrega Contínua pode ser um problema sério na carreira do dev.

Realmente o Scrum, por exemplo, já é muito utilizado. Mas a empresa provavelmente pode lhe dar um tempo para aprender, até porque não é preciso nenhum manual de 700 páginas para entender esses modelos.

...Não saber programar em nenhuma linguagem das principais plataformas mobile - ...Não ter um perfil profissional na Web

Votos: 33.3%

Perguntas: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?; Quanto ao profissional, o que o programador não deve fazer?

Alguns programadores têm convicção que não saber programar em Android ou IOS pode ser um grande problema para o developer.

No mesmo nível de problema está a possibilidade de esse developer não ter um perfil profissional na Web, outro problema sério. Sem portfólios para apresentar, por exemplo.

Quanto ao mobile, realmente é cada vez mais necessário, não porque as empresas querem mudar o mercado, mas porque os usuários já estão mudando ele.

O Blog Thiengo Calopsita ainda tem mais acesso de sistemas desktop, porém em um outro software Web que trabalho o acesso é disparado mais para mobile, logo tive de desenvolver as pressas a versão mobile dele (com media-queries no CSS).

...Praticar mais e estudar menos

Votos: 35%

Pergunta: Quanto a estudo, o que o programador não deve fazer?

Há developers que acreditam que praticar mais que estudar é um problema, nesse caso restaria igualar os tempos ou pesar mais para os estudos. Para acadêmicos acredito ser sem sombra de dúvidas uma verdade.

E não vamos menosprezar a academia, até porque muita coisa que utilizamos hoje, incluindo a Web, veio de laboratórios acadêmicos.

...Não utilizar um IDE - ...Não ter portfólio individual - ...Parar de fazer a parte dele no projeto para ajudar outro amigo de trabalho

Votos: 35.9%

Perguntas: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?; Quanto ao profissional, o que o programador não deve fazer?

Essas três opções recebram exatamente a mesma quantidade de votos.

Segundo os 35.6% dos developers da pesquisa, não utilizar um IDE é um problema sério para qualquer programador. Não ter portfólio e parar de fazer o trabalho dele para ajudar o outro membro também são problemas sérios.

Concordo quanto ao IDE, até mesmo para developers frontend. Utilizei por muito tempo o conhecido Notepad++ e quando definitivamente migrei para um IDE a produção deu um salto considerável.

Não ter portfólio não vejo como algo grave, até porque um dia você terá de ser um completo iniciante.

Não ajudar o companheiro de time pode ser um problema caso a tarefa dele seja essencial para a continuação do projeto. Não há problemas em ajudar outro dev caso a tarefa dele seja prioritária a minha e eu esteja com um pouco de folga.

...Não realizar baterias de testes no código (TDD incluso) - ...Não refatorar o código depois de terminado o algoritmo

Votos: 36.8%

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Os problemas estão começando a ficar mais sérios. Alguns developers concordam que ambas as questões: Não realizar testes e não relatora código. São de suma importância e o developer não pode não conhecer / utilizar técnicas de testes e de refatoração.

Quanto aos testes, mesmo sabendo da importância eu não vejo problema grande, pois já desenvolvi softwares sem técnicas como TDD.

Porém a refatoração pode sim ser um problema grande. Não refatorar pode implicar também em não conhecer padrões de projeto. Apesar de padrões de projeto não serem sinônimos de código limpo eles colocam no código uma linguagem universal, facilitando ainda mais o entendimento dele.

...Não ter também controle do dinheiro que está dentro da startup, sabendo dos números somente por meio dos sócios

Votos: 38.5%

Pergunta: Quanto a startup, o que o programador não deve fazer?

Fique atento, mesmo você sendo a parte técnica da startup é preciso estar também por dentro dos números, em minha opinião não existe a opção onde cada um fica responsável por sua parte a ponto de não apresentar dados válidos para os outros membros.

Nesse caso, dinheiro, dados válidos são: dashboard do software que controla as vendas e compras e até mesmo as notas.

...Não ter conhecimentos básicos de design

Votos: 41.9%

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Vamos assumir que conhecimentos básicos implica em não somente Swing, HTML e CSS, mas também em não saber trabalhar com um Bootstrap, por exemplo.

Caso o dev seja o responsável sozinho pela parte de desenvolvimento, realmente não ter conhecimentos básicos de design pode tomar muito tempo do projeto. Tempo para aprender ou conseguir uma parceria que cobre essa deficiência.

...Não utilizar versionador de código

Votos: 42.7%

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Esse é realmente um problema sério. E 42.4% dos participantes concordam com isso. Developers que não utilizam versionador de código, nem mesmo aquele velho pen drive para salvar o código (ainda uma prática arriscada quando sem o apoio também do versionador), esse coder está contando com a sorte.

Perder um código depois de horas de trabalho nele vai ser o momento mais difícil do dia, se pouco da semana ou até mês.

...Não ter ao menos um curso técnico em T.I.

Votos: 43.6%

Pergunta: Quanto ao profissional, o que o programador não deve fazer?

Confuso, não? Isso mesmo, 43.2% de votos dos 100% possíveis. Alguns developers acreditam que mesmo sem precisar de graduação ao menos um curso técnico os programadores devem ter.

O problema que vejo é o mesmo do "Não ter graduação". Seu poder de negociação frente ao contratante será muito baixo. Pode ser que um GitHub com muitas estrelas resolva esse problemas da negociação. E obviamente, seu portfólio, pois o que os contratantes realmente querem é resultado, com o menor custo possível.

...Não realizar backup do banco de dados

Votos: 44.4%

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Essa opção junto a do "Não utilizar o versionador" para mim deveriam estar no topo das mais críticas. Mas em fim, pesquisa é pesquisa.

A pouco tempo utilizei uma base de dados de produção direto em um servidor AWS EC2, caso não conheça entenda apenas que essa não é uma prática aconselhável.

Por economia não optei pelo o RDS logo de início, mesmo com o sistema em produção. Entenda RDS como a opção correta para banco de dados no AWS, caso não o conheça.

Utilizando o IDE com conexão remota ao servidor de banco de dados precisei realizar um TRUNCATE em uma determinada tabela. Não tinha criado o algoritmo de backup no EC2, algo que o RDS fornece por padrão.

Resumo: TRUNCATE na tabela errada com o software em produção. Tive de preencher tudo novamente do que foi apagado.

...Ser o único desenvolvedor da ideia de outro sócio e ter menor participação do que ele na iniciativa

Votos: 47.9%

Pergunta: Quanto a startup, o que o programador não deve fazer?

O velho problema de negociação que não é habilidade requerida para programadores. Lembre que empreender é 1% inspiração e 99% transpiração.

Uma opinião que tenho quando se falando em empreendimento de software é que se o papel que a parte não programadora (o sócio) tem não for a documentação com diagramas, requisitos e dicas de teste e definição de persona, então ainda não há nada, somente uma ideia no papel que deve ser implementada por alguém que sabe desenvolver.

Nesse caso vejo ao menos a possibilidade mínima de 50% do empreendimento. Ainda achando pouco. Mas é aquilo, essa é minha opinião, somente fique atento para não ser o que realmente trabalha e colhe a menor parte dos frutos.

...Não utilizar padrões de projeto e técnicas de código limpo

Votos: 49.6%

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Não saber principios de programação orientada a objetos ou simples convenções como CamelCase pode ser algo crítico para o programador, até mesmo em entender o código de quem sabe e utiliza essas técnicas. A coisa fica ainda pior se não conhece também os padrões utilizados no código.

Não conhecer padrões e técnicas de código limpo prejudica a leitura do código e por consequência temos uma perda de 90% do investimento somente na leitura e entendimento de algoritmos.

Dê uma olhada nesses livros: Código Limpo - Habilidades Práticas do Agile Software e O Codificador Limpo - Um código de conduto para programadores profissionais. Podem ser um bom começo caso você não saiba nada sobre o assunto. Já lhe adianto que não há nada de complexo.

Quando começar a estudar padrões de projeto é que pode ter, de vez em quando, alguns padrões um pouco mais complexos, mas é aquilo, inicie do início que as coisas fluem sem problemas.

...Não conhecer mais do que uma linguagem

Votos: 50.4%

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Nessa questão podemos assumir que os developers votaram sem relaciona-la com o termo especialista. Até porque é percebível que já não temos problemas em reconhecer a importância de especialistas em algumas tecnologias, dentro do projeto.

Logo é possível ser especialista em Java, por exemplo, e também codar em JavaScript.

...Não colocar comentários nas partes críticas do código

Votos: 51.3%

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Importante comentar em áreas críticas. Mas ainda mais importante é evoluir o comentário assim que o código for refatorado / melhorado, algo não muito comum, ou seja, o comentário pode confundir outros developers devido a não atualização dele.

Para confundir mais... No livro Código Limpo, de Robert C. Martin, há indicação que a utilização de comentários é técnica contrária as propostas para um código limpo.

...Trabalhar baseado em promessas, como: no mês tal vamos falar pessoalmente com o investidor

Votos: 53%

Pergunta: Quanto a startup, o que o programador não deve fazer?

Você como developer não deve trabalhar baseado em promessas. Caso a outra parte tenha já lhe informado que tem XYZ pessoas ou empresas envolvidas no projeto, não pense duas vezes em pedir documentos timbrados / assinados e com endereços eletrônicos oficiais para comunicação.

Tome cuidado com emails que chegam a você segundo a outra parte do business, o possível sócio. Pois forjar emails é muito fácil. Até pouco tempo qualquer um poderia entrar no Mandril e enviar um email, por exemplo, manager@apple.com. Logo fique de olho no servidor de onde veio o email.

Obviamente que vejo a exceção quando você realmente conhece a pessoa, já trabalhou com ela em outros projetos e sabe do caráter.

Porém mesmo quando conhecendo, se você é a parte que vai desenvolver o projeto as chaves e o servidor tem que ser todo de controle seu, caso contrário você ainda tem risco de desenvolver e ficar sem nada.

Lembre que deixarem você acessar é diferente de o controle ser seu.

...Estudar mais e praticar menos - ...Trabalhar para um amigo para receber depois

Votos: 55.6%

Perguntas: Quanto a estudo, o que o programador não deve fazer?; Quanto a trabalhos como freelancer, o que o programador não deve fazer?

Para mais da metade dos participantes a prática é mais importante. Realmente o conhecimento tácito, prático, faz uma baita diferença. Além do mais a prática fixa o conhecimento. Obviamente que os estudos devem continuar.

No caso de "trabalhar para o amigo e receber depois"... abaixo de cada questão tinha um texto: "Para que a pesquisa tenha uma boa precisão, somente informe as opções que você realmente já vivenciou". Logo a amizade as vezes pode confundir as coisas e você sair sem o dinheiro prometido.

Final das contas: segundo mais da metade dos developers você não deve realizar trabalhos de softwares para amigos para então receber depois.

...Largar amigos e namorada (ou namorado) para seguir uma iniciativa 100% dedicado

Votos: 60.7%

Pergunta: Quanto a relacionamento, o que o programador não deve fazer?

Mais da metade dos desenvolvedores acreditam que você não deve ser radical a ponto de largar namorada e amigos para cair de cabeça em uma ideia.

Bom, largar não, mas mudar a frequência, ao menos no caso de amigos tende a ser necessário. No caso o developer deve tomar cuidado para não querer "abraçar o mundo". Isso sem sombra de dúvidas tira muito da qualidade de tudo que ele faz.

...Largar o emprego para iniciar uma startup de uma ideia que não foi ainda testada, nem mesmo por formulário de pesquisa

Votos: 62.4%

Pergunta: Quanto a startup, o que o programador não deve fazer?

Novamente a maioria dos developers indicam que um programador não deve de maneira inconsequente largar um emprego para cair 100% em uma ideia que não passou nem mesmo no mínimo teste.

Você olhar para um problema que a comunidade local está enfrentando e então ter uma ideia que soluciona, em meu ponto de vista isso já é mais que uma validação.

Porém receber a notícia que o WhatsAPP foi vendido por mais de 16 bilhões de dólares e então chutar o balde para desenvolver seu próprio APP de mensagens nos mesmos moldes, mudando somente logo e cor, pode ser uma atitude não muito inteligente, até porque o WhatsAPP e outras APPs de mensagem já estão resolvendo o problema de comunicação via mensagens.

...Não ter ao menos inglês de leitura

Votos: 73.5%

Pergunta: Quanto ao profissional, o que o programador não deve fazer?

Isso é crítico. Documentações, stackoverflow, … tudo em volta da programação está pelo menos 100% em inglês, saber ao menos o inglês de leitura vai fazer com que você possa consumir os conteúdos mais atuais e evoluir como developer.

...Trabalhar para um ESTRANHO GENTE BOA da Internet para receber depois

Votos: 79.5%

Pergunta: Quanto a trabalhos como freelancer, o que o programador não deve fazer?

Conclusão dessa opção mais votada: não haviam somente developers nessa pesquisa, havia ao menos 27 Gente Boas da Internet.

Brincadeiras a parte, como no caso da promessa de investidores e tudo mais, fique ligado nas propostas que você recebe. Desconfie, mesmo com o empreendedorismo empregando toda essa ideia de assumir riscos, que concordo, temos a possibilidade de aprender com o erro dos outros e essa opção não está como a mais votada a toa.

Sempre solicite documentos e contatos verídicos. Tenha em mente que links de sites e telefonemas restritos não garantem nada.

Quem quer realmente fazer uma parceria contigo e é honesto, pensa grande na ideia, vai jogar limpo. Se tiver investidores e tudo mais essa pessoa não exitará em lhe mostrar os dados reais. Se não tiver ela também não deixará de informar que vocês estão iniciando sem nada.

Outros

Abaixo a lista de "Outros" fornecidos por alguns participantes da pesquisa. Segue:

Pergunta: Quanto a código, o que o programador não deve fazer?

Opções:

  • Colocar nome de classe só com uma letra ou abreviado;
  • O seu não deve fazer e a maioria das frases não, negam uma negação então é uma afirmação, não sei se vc vez isso por querer, se não arrume:
    • Não, foi sem querer. Fica de aprendizado para a próxima pesquisa.
  • Parar de estudar;
  • Não buscar por implementações prontas antes de implementá-las sozinho;
  • "Todas as alternativas acima devem ser atendidas";
  • Deixar código sujo para trás, para arrumar depois. Isso cria um efeito bola de neve muito destrutivo;

Pergunta: Quanto a startup, o que o programador não deve fazer?

Opções:

  • Ter uma ideia e mostrar para todos;
  • Achar que é capaz de fazer tudo sozinho;

Pergunta: Quanto a relacionamento, o que o programador não deve fazer?

Opções:

  • Abandonar a familia;
  • Não deve ser 100% em apenas um dos lados. Deve saber balancear os momentos de estudo e de lazer. Focar 100% em apenas um dos lados não é saudável para a pessoa;
  • Não saber dividir, não deixar a vida pessoal barrar os objetivos profissionais, e vice-versa;
  • Não ter seu tempo próprio e disciplina;
  • Não mudar hábitos de convencia com amigos e namorado(a);

Pergunta: Quanto a estudo, o que o programador não deve fazer?

Opções: 

  • Não se atualizar;
  • Não deve estudar muitas coisas diversas ao mesmo tempo, nem todos sabem conciliar bem isso. Dividir em pequenas vitórias com boa base e boa prática daquela vitória e depois partir para a outra;
  • Estudar vários assuntos ao mesmo tempo;
  • Ter falta de equilíbrio nos estudos e na prática;

Pergunta: Quanto a trabalhos como freelancer, o que o programador não deve fazer?

Opções:

  • Não ter um acordo bem claro, de preferência com alguma entrada para garantir a entrega do produto;
  • Trabalhar com contratos apenas "falados" (contrato verbal);
  • Não pensar sempre que o negócio pode dar errado e assim ter ferramentas para contornar quando ocorrer;

Pergunta: Quanto ao profissional, o que o programador não deve fazer?

Opções:

  • Parar de estudar!;

Dados

Os 117 participantes responderam a questões que incluiam opções em checkbox, o que não excluía a possibilidade de selecionar mais de uma opção em cada pergunta.

Logo quando visualizado que uma opção teve 30% dos votos, isso indica que da possibilidade de ter 100% (os 117 marcaram ela), apenas 30% do total a escolheram, ou seja, todas poderiam ter entre 100% a 0% ao mesmo tempo.

Os participantes não podiam editar as respostas e somente era possível um envio de formulário por participante.

O tempo médio de resposta foi de 07:25 (sete minutos e vinte e cinco segundos).

A pesquisa teve início em 11/07/2016 às 07h32 e foi finalizada em 16/07/2016 às 10h03.

A pesquisa foi realizada no Box de Survey do BirdingBox.com, mais precisamente no link do blog: https://thiengo.birdingbox.com/sv/e3b43e3f980978fc25ef74122334effd15388355

Erros e Aprendizado

No BirdingBox, para proteger os usuários que já responderam a pesquisa, toda vez que você atualiza a pesquisa uma nova versão dela é criada, dessa forma não é possível alterar uma pergunta já respondida pelo usuário a ponto de "trocar o sentido das coisas".

Devido a essa regra de negócio optei por não atualizar as opções, algo que foi muito criticado (de forma construtiva) por alguns participantes da pesquisa, pois o "Não deve fazer" já era uma negação e muitas opções iniciavam com "Não", assim criando uma afirmação.

Se pretende fazer uma pesquisa, fique atento a esse ponto. Nas próximas pesquisas do Blog isso será observado mais atentamente.

Conclusão

Bom, com isso acredito que os participantes dessa pesquisa vão ajudar muitos programadores a não tomarem decisões precipitadas.

Apesar da mensagem que enviei em email para alguns: "Só um tolo aprende com seus próprios erros. O homem sábio aprende com os erros dos outros." de Otto von Bismarck. Aprender com seus próprios erros, as vezes, é o melhor forma de aprender.

Os comentários no post são meus, autor dele, logo são apenas opiniões e não conclusões definitivas, você pode expressar as suas nos comentários abaixo.

Vlw.

Receba em primeira mão o conteúdo exclusivo do Blog, além de promoções de livros e cursos de programação.
Email inválido

Relacionado

Construindo uma Loja VirtualConstruindo uma Loja VirtualLivros
Refatoração de Código: Unificar Interfaces Com AdapterRefatoração de Código: Unificar Interfaces Com AdapterAndroid
Notificação de Engajamento Pelo Firebase Console - Parte 12Notificação de Engajamento Pelo Firebase Console - Parte 12Android
Monetização sem Anúncios utilizando a Huq SDKMonetização sem Anúncios utilizando a Huq SDKAndroid

Compartilhar

Comentários Facebook

Comentários Blog

Para código / script, coloque entre [code] e [/code] para receber marcação especifica.
Forneça seu nome válido.
Forneça seu email válido.
Forneça o comentário.
Enviando, aguarde...